terça-feira, 5 de abril de 2016

As Regras da Senda
(Regras do Caminho)




-A Senda é trilhada em plena luz do dia. Nada pode ser escondido, e a cada volta, o viajante  deve confrontar-se consigo mesmo. Conforme avança, leva consigo uma parte do guardião do umbral planetário. Quando um Iniciado se torna um Adepto ele leva ao Adeptado uma porção da Humanidade. Isso precisa ser meditado pelo Aspirante desenvolvido, pois o comum não pode encetar tamanho esforço. Seu guardião pessoal ainda está por deveras ativo. Quem pensa no caminho como uma realização pessoal ainda está cativo do guardião e, portanto, não pode contemplar a cadeia do infinito. Assim, somente o coração esquecido de si mesmo consegue chegar até Nós e ser acolhido como um canal para escoar o Fogo da Hierarquia. Mas ele escoa o Fogo do Coração do Mundo na proporção em que escoa a dor do mundo. O Buda ensinou isto. Poucos, de fato, o compreenderam.

-No Caminho o escondido é revelado. Cada um vê e sabe da vileza de cada outro (Não posso encontrar nenhuma outra palavra que designa a estupidez não revelada, a baixeza e ignorância crassa, e o auto-interesse que são as características distintivas do aspirante comum). E, no entanto, com aquela grande revelação, não há retorno, não há rejeição de uns aos outros e não há debilidade na Senda. A Senda segue em direção ao dia. Vê a vileza do outro para despertar a máxima compreensão, esse bálsamo do coração, pois na medida em que vejo a vileza do outro, também estou visível a quem me estende a mão um degrau acima.

-Ninguém percorre o Caminho sozinho. Não existe afobação nem pressa. E, no entanto, não há tempo a perder. Cada Peregrino, sabendo disso, força seus passos para frente e se encontra rodeado por seus companheiros. Alguns caminham à frente: ele segue. Alguns caminham atrás: ele estabelece o ritmo. Ele não viaja sozinho. A sensação de solidão é uma miragem a ser superada, ainda que estar sozinho possa inicialmente ser uma condição desejável quando as forças da Alma são transferidas para a personalidade. A ebulição dos fogos sutis pede reclusão  e reserva.



-Três coisas o Peregrino deve observar:
 Usar um capuz, a máscara que encobre seu rosto dos outros; levar um cântaro com água somente para suas próprias necessidades; carregar nos ombros um cajado sem um gancho para segurar.

-Cada Peregrino na Senda deve carregar consigo aquilo que ele precisa: um braseiro, para aquecer seus companheiros; uma lanterna, para iluminar seu coração e mostrar aos seus companheiros a natureza de sua vida velada; uma bolsa com ouro, que ele não espalha na Estrada, mas divide com os outros; um vaso lacrado, onde ele leva todas as suas aspirações, para depositar ante os pés Daquele Que aguarda para recebê-lo no portão - um vaso lacrado.

-O Peregrino, à medida que percorre o Caminho, deve ter o ouvido aberto, a mão generosa, a língua silenciosa, o coração purificado, a voz suave, o passo rápido e o olho aberto para ver a Luz. Ele sabe que não viaja sozinho.




Texto adaptado do Livro Miragem: um problema mundial, de Alice A. Bailey

domingo, 3 de abril de 2016

FESTIVAL DE WESAK: A HORA DA COMUNHÃO ( REVISTO E ATUALIZADO)

WESAK: A HORA DA FRATERNIDADE(REVISTO)







DURANTE A LUA CHEIA DE TOURO É CELEBRADO NOS CONTRAFORTES DOS HIMALAIAS  O FESTIVAL DE WESAK, EVENTO QUE MARCA A ILUMINAÇÃO EM NÍVEL CÓSMICO DO PRIMEIRO SER HUMANO A ALCANÇAR ESSE EXCELSO ESTADO DE CONSCIÊNCIA PELOS SEUS PRÓPRIOS ESFORÇOS: SIDHARTA GAUTAMA, QUE SE TORNOU UM BUDA PLANETÁRIO OU “SALVADOR DO MUNDO” HÁ 2.600 ANOS. NO ENSEJO DESSE MARCO CRUCIAL PARA TODA A EVOLUÇÃO VINDOURA DO REINO HUMANO, WESAK APROXIMA O CENTRO “A QUE CHAMAMOS RAÇA DOS HOMENS” DE DOIS NÚCLEOS DE ATIVIDADE SUPERIORES: A HIERARQUIA ESPIRITUAL PLANETÁRIA (FRATERNIDADE BRANCA) E SHAMBALLA (O CENTRO ONDE A VONTADE DE DEUS É CONHECIDA), UM NÚCLEO DE ATIVIDADE DIVINA QUE NADA TEM A VER COM UMA CIDADE OU REGIÃO FÍSICA, MAS ANTES, COM A IMANÊNCIA DE DEUS NO PLANETA.

EM ALGUM ERMO DOS HIMALAIAS OCORRE UMA GRANDE REUNIÃO DE INICIADOS, MESTRES E SERES DÉVICOS (ANJOS), QUE IRMANADOS SOB O ESPÍRITO DE SHAMBALLA CONVERGEM O AMOR ALI PRECIPITADO PELO SENHOR BUDA NA DIREÇÃO DO REINO HUMANO. NÃO SE TRATA, PORTANTO, DE UMA FESTIVIDADE “BUDISTA”, MAS ANTES, DE UM MOMENTO PLANETÁRIO DE GRANDE CONVERGÊNCIA E DISTRIBUIÇÃO DE FORÇAS SUPRA TERRESTRES, ENFATIZADO NOS ENSINAMENTOS TEOSÓFICOS COMO O PERÍODO DO ANO MAIS PROFÍCUO, AUSPICIOSO E IMPORTANTE DO PONTO DE VISTA ESPIRITUAL. 

PARA ENTENDERMOS O QUE ACONTECE NESSE EVENTO, DEVEMOS VISUALIZAR OS TRÊS CENTROS SUPRACITADOS POR MEIO DE TRÊS SÍMBOLOS: O QUADRADO, O CÍRCULO E O TRIANGULO,SIMBOLIZANDO RESPECTIVAMENTE A HUMANIDADE, A HIERARQUIA E SHAMBALLA (EXISTEM OUTRAS FORMAS DE REPRESENTAÇÃO).



DURANTE WESAK O ALINHAMENTO DESSES CENTROS PERMITE QUE O QUINTO REINO DA NATUREZA (COMPOSTO PELOS MESTRES QUE JÁ TRANSCENDERAM O REINO HUMANO) MEDEIE PARA A HUMANIDADE COM MAIS INTENSIDADE O AMOR E AS IDEIAS PURAS IRRADIADAS DE SHAMBALLA. O PRÓPRIO SENHOR BUDA É O DISPENSADOR PRINCIPAL JUNTO AO SENHOR MAITREYA (CRISTO) E AOS CHOHANS (MESTRES) QUE MANEJAM AS FORÇAS CONSTRUTORAS DO UNIVERSO(RAIOS).  ESSE EVENTO SAGRADO PREPARA AS FUNDAÇÕES DA HUMANIDADE E DO PLANETA PARA QUE UM NOVO APORTE DE CONSCIÊNCIA ASCENDENTE CHEGUE AO PLANO FÍSICO. ESSE APORTE É CONHECIDO COMO “A NOVA DISPENSAÇÃO CRÍSTICA”, EQUIVOCADAMENTE INTERPRETADA PELAS RELIGIÕES EXOTÉRICAS COMO O RETORNO DO CRISTO EM PESSOA, EMBORA ESTEJA SIGNIFICANDO A MANIFESTAÇÃO DA CONSCIÊNCIA CRÍSTICA POR MEIO DE GRUPOS/ COLETIVIDADES QUE DARÃO VOZ E AÇÃO AO  QUINTO REINO.

NO ÁPICE DESSE ALINHAMENTO, OS MAIS SENSÍVEIS CONSEGUEM “VER” A FORMA-PENSAMENTO DO SENHOR BUDA PROJETADA SOBRE OS HIMALAIAS, UMA FORMA  GERADA NÃO SOMENTE PELOS DEVOTOS ,MAS FORTALECIDA NO DECORRER DOS SÉCULOS PELOS MESTRES DO QUINTO REINO E PELOS DEVAS. ESSA FORMA-PENSAMENTO, CONFORME VAI SENDO MAGNETIZADA A CADA ANO, GANHA EM FORÇA E CONSISTÊNCIA PARA FUNCIONAR COMO UM PODEROSO MAGNETO "TODO ATRATIVO" CAPAZ DE CAPTAR E FIXAR AS EMANAÇÕES DO RAIO DO AMOR-SABEDORIA. 

WESAK É UM MOMENTO DE GRANDE BELEZA E COMUNHÃO QUE CONGREGA INCLUSIVE SERES DE OUTROS ORBIS EVOLUTIVOS, POIS SOB A LEI DO AMOR DE DEUS EXISTE SOMENTE UMA COMUNIDADE UNIVERSAL DE VIDA-CONSCIÊNCIA, QUE É SANGHA CÓSMICA DOS BUDHISTAS. WESAK FORTALECE A CONSCIÊNCIA DA INTERDEPENDÊNCIA DO TODO E NOS CONVOCA PARA UM AGIR  MAIS EMPÁTICO, RESPONSÁVEL E CONSCIENTE EM TODOS OS NÍVEIS DE ATUAÇÃO. SEUS SACRAMENTOS GERAM CONDIÇÕES MAIS TRANSPARENTES PARA QUE TENHAMOS LUCIDEZ E DISCERNIMENTO , E ASSIM,  VERMOS “COMO E QUANTO” NOSSAS AÇÕES INFLUENCIAM NO EQUILÍBRIO DO GRANDE ORGANISMO PLANETÁRIO NO QUAL “NOS MOVEMOS E TEMOS NOSSO SER”.








WESAK É UM MOMENTO DE CONFLUÊNCIA E APROXIMAÇÃO ENTRE OS REINOS HUMANO, SUPER-HUMANO E DÉVICO. TAMBÉM PERMITE UMA "APROXIMAÇÃO" ENTRE OS PLANOS DE CONSCIÊNCIA/ EXISTÊNCIA, RECORDANDO QUE VIVEMOS EM UM UNIVERSO MULTIDIMENSIONAL E COMPLEXO. O ENCURTAMENTO ENTRE AS DIMENSÕES REQUER QUE CULTIVEMOS HÁBITOS MAIS FRUGAIS PARA QUE FIQUEMOS SENSÍVEIS E RESPONSIVOS AOS PLANOS MAIS ELEVADOS, ESPECIALMENTE O PLANO CONHECIDO COMO "BUDHICO". EM SUMA, UM POUCO DE RECOLHIMENTO, ORAÇÃO E ATENÇÃO BASTAM PARA QUE ESTEJAMOS MAIS ABERTOS À CONSCIÊNCIA PURA DERRAMADA SOBRE O PLANETA, UMA ABERTURA QUE RESULTA EM FEITOS ERGUIDOS NO BEM, NO BELO E NA VERDADE.

HOJE EM DIA É COMUM VERMOS SEGUIDORES DE DIFERENTES CREDOS E RELIGIÕES CELEBRAREM WESAK EM VERDADEIROS RITOS ECUMÊNICOS/ UNIVERSALISTAS. JÁ VIMOS ADEPTOS DE ATÉ CINCO RELIGIÕES DIFERENTES REUNIDOS EM NOME DA FRATERNIDADE EVOCADA POR WESAK. AS DIFERENÇAS MINGUAM FRENTE AO PROPÓSITO MAIOR, E ESSA É UMA MARCA DA VERDADEIRA SABEDORIA: EXISTEM DIFERENÇAS, MAS NÃO EXISTEM DISTINÇÕES. ISSO CONFIRMA A EXISTÊNCIA DE APENAS UMA ÚNICA RELIGIÃO, QUE É A RELIGIÃO DO AMOR. AS DIFERENÇAS SÃO MATIZES NECESSÁRIOS FACE A DIVERSIDADE HUMANA.

SABEMOS QUE CRISTO, BUDA, KRISHNA, LAO TSE, ZOROASTRO E TODOS OS DEMAIS GRANDES MESTRES JAMAIS FUNDARAM QUALQUER RELIGIÃO INSTITUCIONALIZADA. ELES APENAS VIERAM NOS AJUDAR A RECORDAR NOSSA “IDEM-ENTIDADE”, OU SEJA, QUE SOMOS IDÊNTICOS A DEUS. ESSES ARAUTOS ESTIVERAM ENTRE NÓS PARA FUNDAMENTAR A RELIGIOSIDADE (A CONEXÃO COM O DEUS INTERNO) NA CONSCIÊNCIA HUMANA. SUAS MENSAGENS SÃO IDÊNTICAS, NÃO CONFLITANTES ENTRE SI E SEM QUALQUER INSINUAÇÃO DE SEPARATIVIDADE. FOI O HOMEM QUE QUIS SE APROPRIAR DO QUE NÃO É PROPRIEDADE DE NINGUÉM, MAS ANTES, DE TODOS.






CONFORME DISSEMOS, NO DECORRER DA LUA DE WESAK OCORRE UM APORTE MAIS CONCENTRADO DAS QUALIDADES DO SEGUNDO RAIO, O RAIO DO “AMOR PELA SABEDORIA”. ESSA PRECIPITAÇÃO EMANADA DO “CORAÇÃO DE DEUS” E INTERMEDIADA PELA HIERARQUIA DO QUINTO REINO ATINGE ESPECIALMENTE O REINO HUMANO. E COMO BEM SABEMOS, O HOMEM POSSUI UMA MENTE CRIADORA CAPAZ DE CO-CRIAR COM A MENTE DIVINA E MANIFESTAR, UMA VEZ ALINHADO COM O "PLANO DE AMOR E LUZ", O REINO DE DEUS NA TERRA. ISSO SIGNIFICA QUE OS MAIS DESPERTOS DA HUMANIDADE, OS INICIADOS ENCARNADOS RECOLHIDOS NOS ERMOS DA DISCRIÇÃO E DA INVISIBILIDADE QUE CARACTERIZAM O PRÓPRIO AMOR, RECOLHEM O QUINHÃO DE SABEDORIA DIVINA VERTIDO EM WESAK PARA DIRECIONA-LO AOS SERVIDORES ATUANTES NAS MAIS DIVERSAS ÁREAS, FORNECENDO A ESSES UMA SUBSTANCIA CRIATIVA PURA. ATO CONTÍNUO, A INFUSÃO VITAL DO SEGUNDO RAIO NA AURA PLANETÁRIA  TEM SIDO A SUSTENTAÇÃO DA HUMANIDADE EM MEIO ÀS CONDIÇÕES HOSTIS QUE JÁ PODERIAM TER POSTO FIM A NOSSA PRESENTE CIVILIZAÇÃO.







WESAK E A COMPAIXÃO



COMPAIXÃO FOI O CERNE DA MENSAGEM DO SENHOR BUDA HÁ 2.600 ANOS. NAQUELA ÉPOCA ESSA PALAVRA ERA QUASE DESCONHECIDA, MAS COM O TEMPO, CONFORME OS SEUS ENSINAMENTOS FORAM DISSEMINADOS, A COMPAIXÃO SE TORNOU O CÓDIGO DE CONDUTA DAQUELES QUE A COMPREENDIAM E A VIVENCIAVAM. OS SÁBIOS ENTENDIAM QUE SOMENTE ATRAVÉS DA AÇÃO COMPASSIVA (QUE É A PRÁTICA DO AMOR) PODEMOS ROMPER O EGOÍSMO PARALISANTE QUE NOS DEIXA ENSIMESMADOS E ESTÉREIS. NAS PALAVRAS DE UM MONGE BUDISTA “NA INVESTIDURA DO AGIR COMPASSIVO SERVIMOS ALÉM DE NÓS MESMOS E EXPERIMENTAMOS A VERDADEIRA BEM AVENTURANÇA, QUE É BEM SERVIR AO PRÓXIMO  SEJA DE QUE MANEIRA FOR: PODE SER SACIANDO A SUA SEDE, PODE SER APRECIANDO SUA OBRA DE ARTE, OU ACEITANDO A SUA DOR, OU A SUA ALEGRIA COMPLETAMENTE LIVRES DE QUALQUER JULGAMENTO, DE QUALQUER APRECIAÇÃO EGOÍSTA, DE QUALQUER TRAÇO DE ATRAÇÃO OU DE REPULSÃO".


É DITO QUE A COMPAIXÃO IRRADIADA PARA O PLANETA DURANTE O WESAK CONSOME MUITO DO MAL PRODUZIDO PELA ATIVIDADE  EGOÍSTICA GERADA PELA HUMANIDADE. CREMOS QUE SE NÃO FOSSEM AS FORÇAS GERADAS POR EVENTOS COMO WESAK E OUTROS, ASSIM COMO O TRABALHO DE GRUPOS ESPALHADOS PELO MUNDO CONSAGRADOS AO BEM MAIOR, O PLANETA ESTARIA NUMA SITUAÇÃO DEVERAS PIOR. AFINAL, EM QUE PESE TODOS OS EXCESSOS E INVERSÕES DE VALORES QUE AFRONTAM A MINIMA DECÊNCIA, NUNCA SE FALOU TANTO EM “ESPIRITUALIDADE”, “FRATERNIDADE”, “MESTRES”, “ENERGIA”, “TODO”, “INTERDEPENDÊNCIA”, ETC. PRECISAMOS “TER FÉ”, CONFIANÇA CONSCIENTE E ATIVA NO PLANO, POIS NADA É EM VÃO. NA NATUREZA AS FLORES BROTAM EM ABSOLUTO SILENCIO, E ASSIM É COM AS AÇÕES CULTIVADAS NO SOLO SUTIL DO AMOR E DA CONSCIÊNCIA.





O REINO HUMANO PRECISA SE RECRIAR, E NA MEDIDA EM QUE ELE EMPREENDE ESSA RECONSTRUÇÃO SOB OS AUSPÍCIOS DO AMOR E DA SABEDORIA, IMPULSIONA OS DEMAIS REINOS PARA QUE ASSUMAM FORMAS MAIS REFINADAS E CAPAZES DE PROCESSAR GRAUS MAIS COMPLEXOS DE INTELIGENCIA. PRECISAMOS LEMBRAR QUE OS REINOS DA NATUREZA SÃO “ESCOLAS” QUE OFERECEM UM MÍNIMO E UM MÁXIMO DE INTELIGENCIA AOS SEUS “ALUNOS”; E QUE CABE AO REINO MAIS CONSCIENTE SERVIR DE INSPIRAÇÃO PARA A ASCESE AO MENOS CONSCIENTE. O QUINTO REINO FAZ EXATAMENTE O MESMO EM RELAÇÃO AO NOSSO QUARTO REINO! É BOM QUE SAIBAMOS QUE A PRINCIPAL QUALIDADE DO SERVIDOR DO MUNDO É A COMPAIXÃO, QUE É EMPATIA ABSOLUTA PARA COM TODAS AS FORMAS DE VIDA.

CONFORME O PODER DE RESPOSTA DA HUMANIDADE AUMENTA SOB AOS AUSPÍCIOS DE WESAK, A EVOLUÇÃO É CADA VEZ MAIS ORIENTADA PELO “CENTRO ONDE A VONTADE DE DEUS É CONHECIDA” E ISSO PERMITE  QUE O NOSSO PROPÓSITO DE VIDA SEJA “O PROPÓSITO QUE OS MESTRES CONHECEM E A QUE SERVEM”, CONFORME CONSTA NA GRANDE INVOCAÇÃO (QUE ALIAS FOI REVELADA DURANTE UM WESAK NO DISTANTE INÍCIO DO SÉCULO PASSADO).


ESTAMOS TRANSITANDO POR UM MOMENTO DELICADO DO PONTO DE VISTA PLANETÁRIO NO QUAL A INTOLERÂNCIA, A DISCÓRDIA E FALTA DE RESPEITO PARECEM DOMINAR O CENÁRIO GERAL, O QUE É UM CONTRA SENSO FRENTE A TUDO O QUE FOI DITO AQUI. TODAVIA, ESSE CENÁRIO É RESULTADO DE UM PROCESSO CATÁRTICO QUE ESTÁ REMOVENDO CROSTAS DE CRENÇAS SECULARES ADERIDAS NO SUBCONSCIENTE COLETIVO, OU SEJA SUSPENDENDO CONTEÚDOS CRIADOS POR ESCOLHAS INCONSCIENTES FEITAS NO PASSADO E QUE AGORA RETROAGEM SOBRE NÓS. MAS ISSO NÃO É RUIM, PELO CONTRÁRIO PARA QUEM TIVER OLHOS DE VER E CORAÇÃO DE OUVIR: É O MOMENTO PARA QUE TENHAMOS MATURIDADE E RESPONSABILIDADE QUANTO AO EXERCÍCIO DO NOSSO LIVRE ARBÍTRIO, E QUE  POSSAMOS NOS FIAR, ACIMA DE TUDO, NAS FORÇAS E PODERES DIRETIVOS SITUADOS ACIMA DA NOSSA PRESUNÇOSA ONIPOTÊNCIA. GOZAMOS DO PRIVILÉGIO DE ESTARMOS NUMA ÉPOCA NA QUAL PODEMOS SINTETIZAR O QUE FIZERMOS DE MELHOR ENQUANTO ESPÉCIE E ENTENDER QUE NOSSAS MELHORES HABILIDADES SÓ TERÃO EFEITOS CONSISTENTES QUANDO RECONHECERMOS QUE EXISTE UMA ORDEM MAIOR E QUE A ELA PRECISAMOS NOS ASSOCIAR PARA QUE SEJAMOS CO-CRIADORES. SABEMOS QUE PELOS MEIOS PURAMENTE HUMANOS NÃO É POSSÍVEL REVERTER O QUADRO EM VOGA,NO ENTANTO, É POSSÍVEL LANÇAR AS SEMENTES DE UMA CIVILIZAÇÃO PAUTADA NA COSMOÉTICA DOS CRISTOS E BUDAS. 


WESAK É O ENSAIO PARA A FRATERNIDADE UNIVERSAL, A RITUALIZAÇÃO DE UMA FORMA DE CONVÍVIO QUE SERÁ NATURAL E ÓBVIA PARA A HUMANIDADE DE IDADES VINDOURAS. QUE ISSO COMECE AGORA!


                                                                                                        




Marcio Isael Larsen












CURSO: FUNDAMENTOS DOS SETE RAIOS (UMA INTRODUÇÃO À PSICOLOGIA DA ALMA)





Os Raios são tônicas ou qualidades essenciais na construção do universo e na dinâmica das relações, pois são os geradores da diversidade na unidade(uni-verso). Na esfera humana os Raios se combinam para tecer tipos psicológicos, inclinações, habilidades e temperamentos dos mais diversos. Por esse motivo é considerado um sistema de tipologia, embora seja bem mais do que isso.
A imersão no estudo dessas “notas” e suas oitavas tanto como um instrumento de autoconhecimento individual como do ponto de vista sistêmico é de suma importância para que possamos compreender melhor o microcosmos pessoal com o macrocosmos interpessoal.

CONTEÚDO:

v  Deus: A Vida Una, a Trindade Divina e os Sete Raios Primordiais nas tradições religiosas do mundo.
v  As Leis fundamentais do universo e a manifestação dos Raios: Lei de Ritmo, Lei de Atração(Coesão) e Lei de Síntese.
v  A Mística do Numero Sete: os Sete Planos Universais, os Sete Princípios Humanos, as Sete Raças-Raízes, os Sete Reinos da Natureza, as Sete Notas, Os Sete Arcanjos, etc.
v  Características dos Raios: O Primeiro Raio (do Poder da Vontade), O Segundo Raio (do Amor através da Sabedoria),O Terceiro Raio (da Atividade Inteligente), O Quarto Raio (da Harmonia e da Síntese), O Quinto Raio (a Ciência e da Verdade), O Sexto Raio (da Devoção e do Idealismo), O Sétimo Raio (da Liberdade e da Magia organizada).
v  Os Sete Raios e a Psicologia Esotérica: As características de temperamento de cada Raio conforme o grau de desenvolvimento individual. As inclinações positivas e negativas de cada Raio.
v  O Raio da Alma e o Raio da Personalidade: Conhecendo o Homem Integral.
v  Os Sete Raios e o esquema evolutivo planetário.
v  Como determinar a que Raio se pertence(exemplos práticos).
v  As especiais afinidades dos Raios e como despertar os potenciais positivos de cada Raio.
v  Os Raios e as Nações, Os Raios e os ramos do conhecimento humano. Os Sete  Raios e a Lei de Ciclos.
v  Os Sete Raios e a prática da Meditação Ocultista: Construindo a ponte entre a Consciencia e a forma.
v  Praticando a Meditação Ocultista.
v  Os Sete Raios e a Cura Esotérica: Aprendendo manipular os Sete Raios para a Cura.
v  Liturgia dos Raios e os fundamentos da Magia Branca de acordo com a Teosofia.
v  Vida e obra de Alice Ann Bailey e os ensinamentos do Mestre D.K.


Proposta: Apresentar e introduzir os ensinamentos da Psicologia Esotérica e fornecer ferramentas práticas para aplicação do mesmo.


CURSO: O HOMEM INTEGRAL

CURSO “O HOMEM INTEGRAL”: SEUS CORPOS E NÍVEIS DE CONSCIÊNCIA






Facilitador: Márcio Isael Larsen


Proposta:
Apresentar o SER HUMANO conforme a perspectiva das tradições Sanatana Dharma (Hindu/Védica), Budhista e Egípcia (usando a Teosofia como base). De acordo com esses ensinamentos milenares, o verdadeiro HOMEM é uma unidade de vida-consciência que se reveste e se expressa  por meio de “mantos de consciência" , dos mais sutis e elevados aos mais densos. Esses mantos são também princípios que atuam de forma combinada para gerar uma entidade complexa, impossível de ser compreendida de forma linear e determinista. E mais do que tudo: Essa entidade deve se tornar consciente de que ela mesma é uma extensão de Deus conhecendo e expandindo a Si Mesmo.

Benefícios:
Ampliar a perspectiva e desenvolver  formas mais abstratas de cognição. Se beneficiar de práticas meditativas e exercícios posturais e respiratórios capazes de estimular centros de vitalidade e de consciência ainda pouco explorados de forma consciente.


PROGRAMA:

I - Conceitos básicos

- Mônada: A Partícula ou o Espírito Puro;
- Alma, ego e personalidade: Tudo o que somos e não sabemos;
- A Estrutura do Universo: As Leis formativas e Diretivas;
- Os Planos/Dimensões do Universo;
- Os Reinos da Natureza;
- As Hierarquias Criadoras;


II – A Personalidade e o ego: Corpos, propósito e evolução

- Conhecendo o Corpo Mental: Os mecanismos do pensamento, a relação da mente com os instintos e com as emoções; O Plano Mental e seus subplanos; estudo sobre a mente de acordo com as tradições orientais; o pensamento como a pedra angular da criatividade espiritual; O que é “forma de pensamento” e como construir formas superiores; aprendendo a pensar de dentro para fora; diferença entre pensar BEM e pensar positivo; a função espiritual do intelecto; os perigos do mentalismo; mente dualista e mente harmonista. Meditações adequadas para o Corpo Mental.

- Conhecendo o Corpo Astral (Corpo Emocional): O que é e como opera “O Corpo dos desejos e das emoções”; a importância de conhecer o Corpo Astral; a imposição da Vontade sobre os desejos; Sonho, sono e vigília; introdução ao Plano Astral e seus subplanos; as formas de pensamento astrais; o perigo do ”astralismo” e do psiquismo inferior; as miragens astrais; Corpo Astral e karma. A Devoção e a purificação do Corpo Astral; O poder da prece e da oração sobre o Corpo Astral. Meditações adequadas para o Corpo Astral.

- Conhecendo o Corpo Físico Denso: O Corpo Físico e a Vida Interna; a importância das práticas de purificação física (respiração, alimentação e posturas adequadas); As Glândulas e os cinco sentidos: “Os Portais físicos da Alma”. O Corpo físico como o Templo Vivo de Deus e os mistérios do sexo conforme as escolas antigas. Meditações adequadas para o Corpo Físico.

- O Corpo/Duplo Etérico:  O “molde” do Corpo Físico denso; Chacras, Nadis e Kundalini: a anatomia oculta humana. A importância do duplo Etérico do ponto de vista oculto. Evidencias cientificas do Duplo Etérico.


III - O Eu Superior e ”Os Corpos do Ser”

- O Corpo Mental Superior (O Corpo da Inteligência Pura);
- O Corpo Budhico/Intuitivo (O Veiculo da Sabedoria e do Amor);
- O Corpo Atmico (da Vontade Espiritual);
- O que é Corpo Causal?
- O Eu Superior e o “Cristo Interno”;
- A importância das Yogas Superiores: Jnana e Raja Yogas;
- O que é Iniciação?
- Os estágios que conduzem  a consciência às iniciações;
- O Eu Superior como objeto do trabalho iniciático;
- Ser, Consciência e Beatitude: A Trindade da Auto Realização;
- Como a Alma exerce sua vontade sobre o ego;
- A resistência e os mecanismos de defesa do ego;
- Revelando a Alma na forma: Iluminação e Milagre;
     
IV – Práticas

- Meditação e Agni Yoga: práticas para alinhamento entre Eu Superior e personalidade;






sábado, 2 de abril de 2016

CURSO DE MEDITAÇÃO



CURSO DE MEDITAÇÃO




A MEDITAÇÃO É MUITO MAIS DO QUE UMA TÉCNICA: É UMA CIÊNCIA MILENAR QUE NOS TRANSPORTA PARA UM ESTADO DE SER DESPERTO, CLARO E INTEGRO EM TODOS OS DOMÍNIOS DA EXPERIENCIA HUMANA. SUA PRÁTICA REGULAR GERA UM SENTIDO INCOMPARÁVEL DE VALOR, GRAÇA, PRESENÇA, ATENÇÃO E SOBRETUDO EMPATIA E COMPAIXÃO. À REBOQUE DESSES BENEFÍCIOS MODULA O CORPO FÍSICO PARA QUE OPERE NUM PADRÃO DE HARMONIA E SIMPATIA PARA COM A ORDEM NATURAL DA VIDA, RESGATANDO A SABEDORIA ORGÂNICA QUE LHE É INERENTE ( INIBIDA DEVIDO AO MODO DE VIDA ARTIFICIAL E MECÂNICO). 

GRANDES EMPRESAS ADOTARAM PRÁTICAS MEDITATIVAS PARA OTIMIZAR A CRIATIVIDADE E O BEM ESTAR GERAL DOS SEUS COLABORADORES.  OS GANHOS COGNITIVOS SÃO ENORMES EM RAZÃO DE DESPERTAR OUTRAS FORMAS DE PERCEPÇÃO E ENTENDIMENTO.

OS EFEITOS DA MEDITAÇÃO SÃO ESTUDADOS CIENTIFICAMENTE HÁ MAIS DE 30 ANOS POR INSTITUIÇÕES ACADÊMICAS DE PESO, COMO HARVARD E CAMBRIDGE.

BENEFÍCIOS:
O CURSO PROPOSTO TEM POR PRINCIPIO PERMITIR QUE O PRATICANTE TENHA UM  ENTENDIMENTO CONSISTENTE SOBRE MEDITAÇÃO, TANTO DO PONTO DE VISTA SUBJETIVO COMO OBJETIVO( CONHECER OS EFEITOS DA MEDITAÇÃO SOBRE O CORPO) PARA QUE SE TORNE UM MEDITADOR SEGURO E CONFIANTE, CAPAZ DE FAZER DESSA PRÁTICA PARTE INDISSOCIÁVEL DA SUA PRÁTICA DE VIDA.


PROGRAMA:

MÓDULO 1: ON LINE

1- INTRODUÇÃO AO CONCEITO DE MEDITAÇÃO ( ZEN, YOGA, CABALA, SUFISMO, CRISTIANISMO);
2- A FISIOLOGIA DA MEDITAÇÃO;
3- SUPERANDO OS CONDICIONAMENTOS MENTAIS E FÍSICOS;
4- OS ESTÁGIOS ATÉ A MEDITAÇÃO: RELAXAMENTO, VISUALIZAÇÃO E ATENÇÃO (COM PRÁTICAS);
5- RESPIRAÇÃO, POSTURA E VISUALIZAÇÃO NA TÉCNICA MEDITATIVA(COM PRÁTICAS);
6- O ABANDONO DA TÉCNICA E O ESTADO NATURAL DE MEDITAÇÃO;
7- MENTE DESPERTA, ATENÇÃO PLENA: MEDITAÇÃO NA AÇÃO;


MÓDULO 2: PRESENCIAL

PRÁTICAS ( 3 FINAIS DE SEMANA SOMANDO 48 HORAS).



Para maiores informações entre em contato pelo seguinte email: marciolarsen@hotmail.com